CORAÇÃO DE SILICONE IMPRESSO EM 3D BATE COMO O REAL

Gostou? compartilhe!

CORAÇÃO DE SILICONE IMPRESSO EM 3D BATE COMO O REAL

As técnicas avançadas de impressão 3D e de fabricação que podem produzir máquinas sensíveis podem salvar muitas vidas no futuro. Elas poderiam ser usadas ​​não apenas como robôs para busca e resgate, mas também como órgãos temporários para pessoas na lista de espera de transplantes, como o coração artificial criado e testado por uma equipe de pesquisadores da ETH Zurich. Os pesquisadores desenvolveram um coração de silicone que bate como o órgão real, utilizando-se de uma técnica de moldagem de cera perdida e impressão 3D.

No futuro, poderia ser usado como um coração temporário em vez de bombas de sangue que os hospitais usam hoje para pacientes que esperam um transplante de coração. Uma vez que é uma única estrutura de silicone sólido, não possui as desvantagens usuais associadas aos mecanismos metálicos e plásticos das bombas típicas, que são suscetíveis a complicações. É por isso que, quando o time se propôs a criar um coração artificial, eles criaram o objetivo de desenvolver um que fosse “aproximadamente o mesmo tamanho do próprio paciente e que imita o coração humano o mais próximo possível na forma e na função”.

A equipe manteve-se fiel à sua missão e desenvolveu um coração de silicone que tem um ventrículo direito e esquerdo como o real. Mas em vez de uma parede entre os dois, eles são separados por uma câmara extra inflada e desinflada por ar pressurizado para imitar as contrações e bombear o sangue. É definitivamente uma criação promissora que pode mudar vidas, mas infelizmente ainda está longe de estar pronto.

Com base na série de testes realizados pela equipe, sua iteração atual dura apenas 3.000 batidas, o suficiente para manter alguém vivo por 30 a 45 minutos. A estrutura começa a quebrar depois disso. Os pesquisadores agora precisam encontrar ou desenvolver um material mais durável e melhorar o desempenho do órgão artificial para que ele possa durar muito, muito mais do que isso.

Fonte: Engadget



Gostou? compartilhe!