SIM, É POSSÍVEL UTILIZAR CERVEJA CAFÉ E MACONHA NA IMPRESSÃO 3D

Gostou? compartilhe!

SIM, É POSSÍVEL UTILIZAR CERVEJA CAFÉ E MACONHA NA IMPRESSÃO 3D

A 3DomFuel, uma startup de Dakota do Norte, está reciclando uma coleção de produtos incomuns e transformando-os em filamentos usados na impressão 3D.

“Você pode imprimir produtos feitos de cerveja, café e de cannabis”, disse John Schneider, co-fundador e diretor de marketing da 3DomFuel, fabricante de filamentos para impressão 3D.

“O material dominante para a impressão 3D ainda é o plástico tanto para a área profissional quanto para a impressão 3D comercial”, disse ele.

Mas Schneider e seu sócio Jake Clark, 24, foram além para experimentar algo único.

“Já é um mercado bastante competitivo para filamentos de plástico”, disse Schneider. “Nós queríamos nos diferenciar.”

A busca por materiais não convencionais começou em 2015.

“Encontramos uma empresa local especializada em mistura de resíduos agrícolas com plástico para criar novos materiais”, disse ele. “Ele estava fazendo isso com os resíduos de café de torrefadoras locais e decidimos experimentá-lo.”

Embora tenha levado cerca de uma dúzia de tentativas antes que o processo funcionasse, a dupla ficou satisfeita com os resultados. Além de a termos conseguido fabricar o filamento à base de café ele também cheirava muito bem, como um latte”, disse Schneider.

Esteticamente, o filamento de café – chamado “Wound up” – oferece mais textura do que as demais alternativas do mercado.

“A cor é marrom escura com vários tons de manchas marrons nele”, disse Schneider.

O que você poderia fazer com ele?

“É perfeito para a impressão de acessórios como suportes de filtros de café e mangas para segurar copos, mas não para um copo de café em si”, disse ele. “Ainda é material plástico e não ideal para bebidas quentes.”

Café foi apenas o começo: “Funcionou tão bem para nós que queríamos experimentar outros materiais intrigantes”, disse Schneider.

Isso incluía cerveja e cannabis. O filamento de cerveja, chamado de “Buzzed”, é feito utilizando o material de resíduos provenientes do processo de maltagem misturado com plástico. Enquanto isso, o filamento de cânhamo 3D é chamado de “Entwined ” e inclui subproduto a partir de culturas de cânhamo industrial misturado com plástico.

“Muitas pessoas têm nos perguntado se o filamento cerveja cheira a cerveja velha. Felizmente, não”, disse ele. “É agradável, como cevada recém colhida.”

O cheiro, no entanto, evapora-se uma vez que a impressão é feita. “É a mesma coisa com o material à base de café”, disse ele.

Atualmente, 30% do mix de produtos da 3DomFuel inclui filamentos feitos de materiais incomuns. “Nós já estamos experimentando com mais materiais para crescer nossas ofertas de filamentos reciclados”, disse ele.

Mesmo que os filamentos a base de café, cerveja e cânhamo custem cerca de 60% ​​a 80 % mais do que o filamento de plástico padrão, Schneider disse que a demanda tem sido grande.

“A novidade está se espalhando”, disse ele. “Estamos vendo vendas de dois dígitos para estes materiais.”

Schneider disse que os clientes estão usando Buzzed para impressão 3D de alças personalizada, porta-copos e seguradores de 6-pack, também.

“O pessoal da indústria da maconha têm estendido a mão para nós”, disse ele. ” Eles adoram ver outras formas inovadoras de usar a planta.”

Schneider espera que os filamentos reciclados possam, um dia, ser abraçados por grandes indústrias, como fabricantes das áreas médica e aeroespacial.

Os esforços também podem ajudar a abordar uma questão de longa data em torno de resíduos na indústria de impressão 3D.

“Nós estamos frequentemente questionado o que fazer com materiais antigos e protótipos antigos”, disse Schneider.” Agora, podemos mostrar aos consumidores como estamos usando recursos renováveis ​​para apoiar a fabricação sustentável.”

Fonte: CNN



Confira mais imagem:

Gostou? compartilhe!