VIDA DIGITAL: CIENTISTAS ESTÃO TRABALHANDO EM UM BANCO DE DADOS DE SCANS 3D DE TODAS AS ESPÉCIES ANIMAIS

Gostou? compartilhe!

VIDA DIGITAL: CIENTISTAS ESTÃO TRABALHANDO EM UM BANCO DE DADOS DE SCANS 3D DE TODAS AS ESPÉCIES ANIMAIS

Estima-se que o planeta Terra seja lar de mais de um trilhão de diferentes espécies. Embora muitas sejam organismos microscópicos, o número ainda assim é impressionante. O objetivo do Digital Life Project é bastante ambicioso: os pesquisadores querem criar um banco de dados de scans 3D de todas as espécies que vivem na Terra.

30 CÂMERAS DIGITALIZAM OS ANIMAIS

Para atingir este objetivo, os pesquisadores da Universidade de Massachusetts Amherst desenvolveram uma estrutura com 30 câmeras que eles batizaram de “Beastcam”. O dispositivo é composto por 10 braços, cada um com três câmeras Canon G16 e uma plataforma no centro, na qual o respectivo animal é colocado. Se isso não for possível, existe uma versão portátil que pode reproduzir os animais através de fotografias tiradas no seu próprio habitat. As imagens de todas as câmaras são então trabalhadas por um software que gera um modelo 3D.

“Estamos animados em usar a tecnologia “Beastcam” para preservar a herança digital de toda a vida na Terra. Isso levará várias gerações, mas estamos empolgados para começar essa jornada. A preservação digital da herança da vida na Terra é especialmente importante, dado o rápido declínio de muitas espécies, e esta tecnologia pode recriar os organismos de uma forma que nunca foi feita antes “, disse Duncan Irschick, biólogo da equipe.

BANCO DE DADOS ESTARÁ DISPONÍVEL GRATUITAMENTE

Até agora, o “Beastcam” foi usado principalmente para fazer a varredura de animais, como sapos, lagartos, escorpiões e tubarões. A equipe assume, no entanto, a necessidade de ajustar o tamanho do sistema para que uma gama mais ampla de animais possa ser digitalizada.

A equipe está trabalhando com jardins zoológicos, pesquisadores e várias organizações para ter acesso a mais espécies animais. A base de dados Digital Life estará disponível on-line, gratuitamente, para fins educacionais, aplicações criativas e outros fins não lucrativos.

Fonte: TrendsDerZukunft via Universtiy of Massachusetts Amherst



Gostou? compartilhe!